BLOG

Acompanhe o conteúdo informativo da Dra. Débora Estevão e compartilhe!

ARTIGO

PUBLICADO EM

Otorrinolaringologia e o atendimento das crianças

Conheça mais sobre a especialidade e a importância do médico otorrino pediatra e entenda por que é essencial para acompanhar a infância do seu filho

Por Administrador

BEBÊ SENDO EXAMINADO

| CÉDITOS: SHUTTERSTOCK

O médico otorrino pediatra tem um papel importante no desenvolvimento desde a infância a adolescência. As doenças em crianças têm aspectos especiais, pois ocorrem durante seu desenvolvimento físico e mental podendo trazer como consequência sequelas irreparáveis até a idade adulta. Assim, os pais devem ficar atentos a possíveis distúrbios no desenvolvimento da fala, no momento do sono, doenças que afetam a audição, distúrbios respiratórios, alguma alergia, entre outros.

Surdez na infância

Deve-se suspeitar do transtorno reparando em crianças que não reagem a sons, não respondem quando são chamadas, falam muito alto, aumentam muito o volume da TV ou equipamento de som, têm dificuldade de aprendizagem e falta de atenção, apresentam trocas fonêmicas, pedem que a fala seja repetida.

O “Teste da Orelhinha” que deve ser feito obrigatoriamente por lei nos bebês ainda na maternidade tem o objetivo de avaliar a audição e detectar precocemente algum grau de surdez no recém-nascido.

No Brasil, de três a cinco crianças em cada mil nascem surdas e a intervenção precoce pode minimizar os problemas gerados pela surdez, como a dificuldade para a fala, aprendizagem e interação social.

O otorrinolaringologista sabe as melhores técnicas para que os pais possam ajudar no desenvolvimento oral dos filhos em casa, a fim de otimizar a iniciação da fase oral. Bem como dar dicas do que fazer para prevenir quadros mais graves como infecções de ouvido, e responder questionamentos envolvendo problemas como tosse, dor de cabeça, ronco etc.